quarta-feira, março 31, 2010

Escola do Riso - Inauguração das Novas Instalações a 18 de Abril

Escola do Riso - Inauguração das Novas Instalações 18 de Abril às 15:30H

Sabia que no Concelho de Vila Nova de Poiares existe a Escola do Riso!

É verdade, na aldeia do Framilo está instalada a Escola do Riso. Depois de ter encontrado isto na Internet, tive que ir lá conhecer as pessoas e saber o que fazem; foi fácil descobrir a Quinta do Sol, desde logo associei o Yoga e o Riso à parte mais calma da aldeia Junto à floresta.
Encontrei alguém de rebarbadora na mão a tratar das coisas da Quinta, mais precisamente o Presidente da Escola do Riso Jorg Helms, pessoa de uma grande simpatia que me falou da escola e de tudo o que a envolve.
Expliquei-lhe que fiquei surpreendido ao ver a página deles na Internet e constatar que tanto ele como a Joanne Gribler mais conhecida por Ana Banana tinham uma curriculum vastíssimo e riquíssimo.
Aproveitei para lhes falar da
Moura Morta onde existem os cenários perfeitos para algumas das suas formações e sessões de Yoga do Riso.




Fomos convidados para ir à Inauguração da Escola, se quiser ir connosco será certamente bem acolhido, vamos dar alguma força a este projecto que tem algo fantástico subjacente que é fazer as pessoas rir.

terça-feira, março 30, 2010

Album de Fotos da Moura Morta

domingo, março 28, 2010

Domingo dia de missa

A Moura Morta é uma aldeia em que o culto religioso ainda está enraizado.
Ao domingo algumas das pessoas crentes lá se dirigem à Igreja da nossa freguesia situada na Igreja Nova, assim de praticarem o seu culto, existe alguma dificuldade por parte das pessoas com dificuldades de saúde, pois é necessário fazer uma caminhada numa estrada bastante ingreme ao longo do Pinhal do Padre.
Os jovens após a missa têm catequese, onde vão aprofundar a aprendizagem sobre a religião.


A nossa Imagem de Marca

No ano de 2007 os "Mosqueiros do Alva" , clube de pesca da Moura Morta, aquando da cerimónia de encerramento presentearam a Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares e a APPP (Associação Portuguesa de Pesca à Pluma) com um quadro com a foto abaixo apresentada.
O Clube Mosqueiros do Alva estiveram presentes a convite da Câmara Municipal.
Foto do Caneiro e da Moenda
Essa foi uma das formas que o Clube de Pesca formado da nossa terra teve em agradecer à organização, o convite para estarem presentes.

A Câmara Municipal também presentou a APPP, Os Mosqueiros do Alva e O Centro de Convívio da Moura Morta com uma lembrança (artesanato da nossa região).

sábado, março 27, 2010

Entrevista ao "Faísca" em Maio de 1999

"FAÍSCA" JÁ ESTAVA UM BOCADO QUENTE, A FERVER COM O VINHO

"Faísca" é alcunho de criança, nasceu na Moura Morta, Vila Nova de Poiares há 29 anos:
"Derreti o dinheiro todo cá em Coimbra. Cafés, discotecas, cheguei a dormir em apartamentos com malucas, só com putas. Aluguei um Renault Turbo, ia para a Figueira, para Quiaios, para Lisboa. Tinha uma carta espanhola falsa, 30 contos. Conheço os sinais, não sei é dizer o nome deles. E sei fazer as rotundas e tudo".
Enquanto estoirava os 200 contos que jura lhe terem sido entregues por um madeireiro, ardia "a zona toda de Poiares":
"Foi o maior incêndio de Portugal. Ainda bem que não morreram bombeiros nenhuns".
Estava um Verão "muito quente", o negócio fez-se na adega do homem das madeiras:
"Eu já estava um bocado quente, a ferver com o vinho. Depois, num sábado, todo o pessoal a tomar a sesta, cortei uma vela aos bocaditos, nunca pensei é que ardesse tanto. Será que vou desgraçar alguém?, ai que apanho prisão perpétua!"
Tinha 22 anos, foi condenado a 13, já saiu de precária:
"Fui bem recebido. Hoje têm mais respeito por mim". Se calhar é medo.
Teve juízo quando guardou a caçadeira empanturrada de pregos ferrugentos cortados aos bocaditos. Queria espetar os que o denunciaram, diz-nos os nomes de cada um e as aldeias onde vivem. O tempo de precária que guarda para a noite coimbrã dá-lhe de beber ao ego:

"Os que saem comigo na precária ficam de boca aberta. Como é que o 299 conhece tanta maluca cá em Coimbra!"

Publicado no semanário “Jornal de Coimbra” em Maio de 1999

sexta-feira, março 26, 2010

Poiares inicia obras para ligação ao IP3

A Câmara Municipal de Poiares anunciou ontem já ter iniciado a primeira fase das obras da estrada que pretende ligar a EN17 ao IP3, uma via que é considera fundamental para o desenvolvimento do concelho.
Nesta primeira fase, a estrada que agora está a ser construída ligará a zona industrial de Vila Nova de Poiares a Santa Maria, na freguesia de Arrifana, pretendendo--se que depois possa ser continuada até junto de Penacova, tornando-se numa ligação rápida ao IP3. A nova via constitui ainda uma variante importante ao tecido urbano da sede de concelho, sendo, na perspectiva do edil de Vila Nova de Poiares, uma estrada de «extrema importância para o concelho».
E investe na educação
Considerado um dos pilares para o desenvolvimento estratégico do concelho, a Educação mereceu, na reunião de câmara de segunda-feira, particular atenção. Com efeito, o executivo presidido por Jaime Soares procedeu à abertura das propostas referentes aos concursos de remodelação e ampliação das escolas do primeiro ciclo do ensino básico de Poiares – Santo André, S. Miguel e Santa Maria. Em causa está um investimento global na casa dos 3,5 milhões e euros.
Em causa está, sublinha a autarquia de Vila Nova de Poiares, «a criação dos três futuros centros escolares, que já estavam previstos na Carta Educativa», que, enfatiza, foi uma das primeiras aprovadas a nível nacional.
Esta é a solução proposta pelo blogue da Moura Morta a localização da estrada de ligação ao IP3 - um troço de cerca de 9,4 km.
Saída da Zona Industrial atravessando em direcção à Serra do São Pedro ligando à saída para o Ramal de Miro.
Esta solução permitiria chegar ao IP3 em pouco menos de 10 minutos.


Ideia publicada originalmente em 2007

Etiquetas: ,

Inaugurado sub-lanço do I.C.6 Catraia dos Poços - Arganil

"O secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações manifestou no (dia 19 de Março) «empenhamento total» para que a obra do IC6 seja concretizada até à Covilhã. Paulo Campos, que intervinha na inauguração do sublanço Catraia dos Poços/Arganil, do IC6, considerou mesmo ser de «inteira justiça» que a infra-estrutura seja uma realidade, ligando o interior de Coimbra a toda a região da Serra da Estrela."

"Concluído até Tábua, o IC6 aguarda agora pela restante ligação até à Covilhã. Juntamente com a obra do IC7 e IC37, compõem a chamada Concessão da Serra da Estrela."

"Para já, o que existe é um IC6, que liga Catraia dos Poços a Tábua, ontem “reforçado” com a inauguração do sublanço Catraia dos Poços/Arganil, com uma extensão de 3,5 quilómetros e um custo de 49,1 milhões de euros. Uma via de «proximidade», que pretende, segundo Paulo Campos «desencravar estas regiões» e substituir as «estradas da monarquia», ao mesmo tempo que se ganha na «redução da sinistralidade», na captação de «investimento privado» e na «melhoria das condições de vida»."

(in Diário de Coimbra)

Etiquetas:

quarta-feira, março 24, 2010

Moura Morta - Melhor escola de Futebol do Mundo

Equipa de Futebol da Moura Morta - Tinha claque organizada e tudo.

Tradicional foto antes do inicio do Jogo

Vamos lá descobrir quem é que aparecia nas fotos.

Fotos enviadas por Hélder Lopes

o que é que foi isto?










Foi na Moura Morta?
Fotos enviadas pelo Hélder Lopes

Poiares vai investir em aquário único no país

Em que fase está este projecto que noticiámos há um ano?

Projecto em fase adiantada de estudo - 24 de Março de 2009

É um dos mais pequenos concelhos do distrito de Coimbra, mas sonha ser grande, pelas gentes e pela obra, e não se escusa a avançar com projectos que marcam a diferença. Isso mesmo reconhece o presidente da autarquia, paladino e mentor da grande maioria dos projectos, uns mais originais do que outros. Original por excelência é a nova proposta que Jaime Soares acaba de “magicar” e que o executivo, agradado, aprovou por unanimidade.
Em causa está a construção de um aquário de água doce, que pretende constituir um espaço de promoção, afirmação e estudo da biodiversidade, desta feita centrada na vida dos grandes rios portugueses, com uma incursão ao estrangeiro – eventualmente ao Amazonas - e ainda com um enfoque especial nos rios da região.
«Poiares tem de se afirmar pela diferença», defende Jaime Soares, que quis, agora, que essa afirmação passasse por duas componentes que reputa de fundamentais: as crianças e jovens, por um lado, e o estudo e o conhecimento por outro. Conjugados os dois factores, o presidente da autarquia poiarense juntou-se um outro: algo «que fosse importante para Vila Nova de Poiares e aqui atraísse muita gente, nomeadamente das escolas e das universidades». A componente biológica, da vida, e a vasta tradição lusa ligada ao mar e aos rios fez o resto. «O mar está longe de Poiares, mas temos os rios» e a ideia de um aquário de água doce, que recriasse a vida dos grandes rios e testemunhasse a riqueza da fauna e da flora que os caracterizam, ganhou forma na mente do autarca.
«Temos o Aquário Vasco da Gama, com mais de 100 anos, o Oceanário e, em Mora, também existe um projecto, mas pensámos uma coisa diferente», um projecto mais envolvente, mais global, com uma componente lúdica, mas também direccionado para o estudo e para a investigação. «Uma estrutura de afirmação regional e nacional e que pode mesmo ter projecção além fronteiras», adianta, sonhador, Jaime Soares.
Motivado pelo sonho, o autarca de Vila Nova de Poiares resolveu munir-se dos necessários instrumentos técnicos, no sentido de começar a dar forma à ideia. Confessa, então, que visitou vários países, onde esteve em contacto com as estruturas e com a tecnologia que “enformam” o projecto. Acompanhado por engenheiros, arquitectos e outros técnicos, o autarca de Poiares visitou vários países, nomeadamente França, Espanha, Itália e Bélgica e o que viu cimentou-lhe mais as ideias e o projecto, que ainda está no “segredo dos deuses”, já começou a tomar forma, com a garantia de que os autores – arquitectos e engenheiros, são portugueses, mas a tecnologia será «do mais avançado que se faz na Europa».
«Será um orgulho para a região e para o país», afirma o edil, sublinhando o papel decisivo que, em termos futuro, este equipamento pode ter para o estudo da biodiversidade, para a preservação do meio ambiente e para o ensino/educação dos mais jovens. De resto, poderá encarar-se como uma estrutura complementar, esta centrada na vida dos rios, relativamente ao projecto que a autarquia pretende desenvolver na Serra do Carvalho, que quer transformar num parque lúdico, de lazer e de preservação as espécies autóctones, quer em termos de fauna, quer de flora.
Investimento sustentável
O concelho que claramente tem uma “boa nota” em termos ambientais, pode e deve, no entender de Jaime Soares, fazer mais e melhor pela preservação das riquezas naturais e o aquário de água doce é, sem sombra de dúvida, o mais recente e também mais arrojado projecto. «Pretendemos criar, em Poiares, um grande centro de chamamento ao estudo e ao desenvolvimento de todas as espécies que têm nos rios o seu habitat natural», diz Jaime Soares.
A seu favor, para além das ideias, o concelho tem «condições naturais de excelência», refere o autarca, apontando ainda para a proximidade das universidades de Coimbra e de Aveiro, como elemento aglutinador em termos científicos, técnicos e de investigação. Sobretudo é «uma afirmação importante para o distrito».
O projecto está em fase avançada de estudo, reconhece o autarca, prometendo, que a breve trecho vai fornecer mais informações sobre o aquário de água doce.
Em principio e pela sua interioridade no concelho deve vir a ser criado no Rio Alva entre a Barragem das Fronhas e o Vimieiro numa grande extensão de percurso fluvial no concelho de Poiares. Na Rebordosa e com as infraestruturas lá existentes não haverá sossego para as espécies em aquário natural. A zona oriental do concelho entre a Serra de S.Pedro Dias e o Rio Alva é um verdadeiro Santuário da flora e da fauna, onde existe a maior reserva de trutas autoctones.
Não deverá ser no Rio Mondego pois essa zona é muito mais de Penacova do que de Poiares. Adianta ainda que este projecto único e que se afirma pela diferença representa «um investimento absolutamente suportável», muito embora se escuse a avançar com valores, uma vez que, “o segredo é a alma do negócio”.Não deixa, todavia, de adiantar que, feitas as contas, se trata de «um investimento que se paga em pouco anos», tendo em conta que os estudos feitos e a experiência vivenciada noutros países garantem o total «êxito e a sustentabilidade do empreendimento». «É uma aposta ganhadora e de grande importância para a criação de riqueza em Poiares», remata Jaime Soares, sublinhando que os “ganhos” vão muito para além do concelho, «envolvendo a região e o país», uma vez que o que se pretende criar é uma «uma estrutura única, de afirmação nacional e além fronteiras», que conjuga «empreendedorismo, inovação e modernidade», ao serviço da ciência, da cultura, dos jovens e do ambiente.
in DC

Etiquetas:

terça-feira, março 23, 2010

A MOURA MORTA na Traveler

A CAPITAL UNIVERSAL DA TRUTA
é Capa de Revista da Traveler.
Nas paginas centrais, uma grande reportagem sobre os Campeonatos de Pesca à Truta realizados na Moura Morta e o pouca ajuda prestada pelas autarquias.

Cão para dar

Nome: Liró

Data de nascimento: Junho de 2008

Pelagem:

Cor: Amarela

Cauda: Comprida



Por questões de saúde a minha dona não pode ficar mais comigo.

Sei que ela vai ser operada e que já nem consegue brincar comigo e tomar conta de mim.

Sou muito brincalhão, mas já sei as regras da casa e nada de fazer xi-xi onde não devo.

Se quiserem ficar comigo, o contacto é:


Contacto D. Manuela (familiar do Vitalino)

  • 239 421 204
  • 961 122 589

Baile em Mucelão

No próximo Sábado dia 03 de Abril de 2010, Baile com o Famoso teclista RUI SARAIVA, em Mucelão.

Vão e aproveitem para beber um bom vinho da Casa da Carvalha.

Novos Cartões de Sócio

Com algum atraso mas devido a problemas que nos foram alheios (a mim e ao Hélder), já estão prontos os primeiros cartões de sócios da responsabilidade desta nova direcção.

Era para colocar aqui a foto do novo cartão de sócio mas para já só irei publicar depois da nossa Presidente, Nazaré, fazer simbolicamente a entrega do primeiro cartão.

Ficamos à espera das fotos dos nossos amigos que estão fora e que gostavam de ser sócios.

domingo, março 21, 2010

A Pesca à Pluma - Trutas

Ao fim de semana é um corropio de pescadores na Moura Morta

Gostaria de experimentar a pesca à pluma (Flyfishing) ?

Não tem a certeza se é realmente aquilo que pretende? Talvez até já tenha experimentado, mas não obteve os resultados que pretendia. É provável que o lançamento seja um pouco difícil de executar quando não se tem uma aprendizagem correcta.

Sendo assim, efectuar uma aprendizagem com o objectivo de superar todas estas dificuldades pode fazê-lo já na
Moura Morta.


Neste espaço do Rio Alva, o principal objectivo é fomentar a conservação da Natureza, ensinando aos mais jovens a pratica do Catch and Release (captura e solta), visto que a educação ambiental é essencial para que amanhã eles preservem os recursos naturais.

A partir de hoje este fantástico desporto está ao alcance de todos. Venha viver a natureza, e saiba porque a pesca à pluma é considerada uma arte.

sexta-feira, março 19, 2010

Presidente da Junta de São Martinho da Cortiça no Fórum TSF

O presidente da Junta de Freguesia de São Martinho da Cortiça, Rui Franco, participou no Fórum TSF na sua qualidade de coordenador do Grupo de São Martinho da Cortiça no projecto Limpar Portugal.

Segundo ele ao longo destes últimos meses estiveram no terreno onde identificaram cerca de 50 lixeiras e constituiram 14 brigadas ligeiras e 8 brigadas pesadas.
Também referiu o facto de existir muito lixo na barragem das Fronhas o que irá levar à realização de uma segundo edição por parte da Freguesia de São Martinho da Cortiça afim de limpar a albufeira da barragem das Fronhas.

Outra das iniciativas por parte deste grupo de trabalho é colocar uma placa em cada local onde houve intervenção a dizer:
Aqui esteve um grupo de Voluntários a remover o lixo.
Ainda houve tempo para fazer referência que nesta freguesia a Junta põe ao dispor dos fregueses um tractor para remover o lixo não havendo necessidade de ele ser colocado nas florestas e noutros locais .

Vamos Limpar Portugal - Vamos Limpar a Moura Morta

No Dia 20 de Março vamos limpar Vila Nova de Poiares
É já hoje
O ponto de encontro será às 09:00h da manhã no terminal de camionagem de Vila Nova de Poiares ao lado do pavilhão Gimnodesportivo.

As actividades de Limpeza decorrerão das 09:00h às 13:00h, nos seguintes locais:
  • Fraga
  • Medas
  • Avenida
  • Sensibilização na Cova da Farronca.
Participe.

Já me inscrevi e contactei os escuteiros de Vila Nova de Poiares e os miúdos da instituição de Olho Marinho; transmiti à Vereadora Cláudia Feteira a existência desta iniciativa e a necessidade de ajuda por parte da Câmara Municipal ou das Juntas de Freguesia quer com viaturas para transporte de pessoas quer com viaturas para recolha de lixo e outras ferramentas (sachos, pás) e equipamentos de protecção (luvas, máscaras). Ainda há pouca gente inscrita em Vila Nova de Poiares vamos ver se promovemos a iniciativa que é muito importante para o nosso país.
mouramortino

A Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares acarinhou esta iniciativa e foi pedido às Juntas de Freguesia e ao Centro de Convívio para tentarem mobilizar pessoas para esta iniciativa.
A nossa presidente do Centro de Convívio fez um edital a pedir que os mouramortinos aderissem a esta iniciativa.

Da nossa freguesia só estou eu inscrito e do Concelho apenas estão inscritas umas 7 pessoas já que algumas das pessoas que estão inscritas no grupo pertencem à organização nacional.
01 de Março de 2010

Etiquetas:

Deslizamento de barreira corta EN110

O deslizamento de uma barreira na Estrada Nacional 110, que liga Coimbra a Penacova, provocou esta sexta-feira o corte do trânsito, não existindo ainda uma previsão de quando estará resolvido o problema.

"Não há previsão [do tempo de demora] da reabilitação da circulação", afirmou fonte da GNR.

A queda da barreira ocorreu cerca das 07h30, ao quilómetro 6,1, próximo das localidades de Foz do Caneiro e Rebordosa, concelho de Penacova.

Como alternativas à circulação estão as vias do IP3, entre Coimbra e Penacova, a EN17 e EN2, entre Coimbra e Vila Nova de Poiares (via IC6).

quinta-feira, março 18, 2010

Reportagem sobre Pesca à Pluma na Moura Morta


Passou ontem pelo Alva, o canal espanhol caça e pesca.
O objectivo da reportagem foi fazer um pequeno filme sobre a abertura da pesca à truta sem morte em Portugal. O rio escolhido foi o Alva na sua concessão de pesca desportiva. As filmagens incidiram na acção de pesca, na qual o nosso clube esteve representado através do associado Jorge Martins e em entrevistas, numa das quais, o presidente da área de pluma da federação (Diamantino Domingues) elogiou o rio, os Mosqueiros do Alva e a Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares.
O Caça e Pesca vai voltar a Portugal, para fazer uma reportagem sobre o encerramento da época de pesca à truta, dessa vez o rio escolhido vai ser o Rio Coura.

in mosqueiros do Alva

quarta-feira, março 17, 2010

Quem escondeu a Placa da Moura Morta?


ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more


Etiquetas:

terça-feira, março 16, 2010

Jaime Soares festejou hoje o seu aniversário

O presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares, Jaime Soares, ofereceu hoje aos funcionários da Câmara o almoço em virtude da comemoração do seu aniversário.
Embora tivesse sido o dia do seu aniversário no passado sábado provavelmente por razões de agenda só hoje teve a oportunidade de poder comemorar com os funcionários do Município.

Recebido por email

domingo, março 14, 2010

Vários Pescadores apanhados a pescar de forma ilegal


Este inicio de mês tem sido muito "proveitoso" para o guarda que vigia a nossa concessão do Alva, desta forma já foram apanhados vários pescadores a pescarem de forma ilegal.

O guarda da concessão do Alva já identificou vários pescadores que se encontravam a pescar de forma ilegal. O regulamento da concessão, define uma zona sem morte e uma zona com morte e define também que só são permitidos iscos artificiais.
Os pescadores além de não se fazer acompanhar das licenças especial diária para a referida concessão, encontravam-se a pescar com morte e com isco natural, na zona de rio destinada apenas à pesca sem morte!!
O regulamento da concessão nem é fundamentalista, pois permite a pesca com e sem morte, mas com tanta infracção junta não há guarda que aguente.

A GNR foi chamada ao local onde procedeu à aplicação das respectivas coimas e consequente apreensão de todo o material, não sabemos se foi inclusivamente confiscado o meio de transporte!
in :http://mosqueirosdoalva.blogspot.com/

Etiquetas:

O nosso pequeno paraíso

No passado domingo à tarde após ter ido ao Centro de Convívio fui até ao Caneiro.
É algo que gosto de fazer sempre que vou à Moura Morta
num percurso que muito me regozija fazer, porque para além de fazer esquecer o "Stress" da cidade e tudo que a envolve, também poderia confraternizar com os pescadores que por lá "matavam" o vício. Indo eu, deslizando por entre a estrada que parece ter rasgado a montanha, a admirar a casa do Caneiro, pensando o quão bonito e alegre a outra margem ficou com o restauro da casa, o verde que envolve toda a paisagem é esplendoroso, mas qual não foi o meu espanto quando na Corga, saem duas perdizes do meio do nada e em grande alvoroço vão durante longo tempo a "correr" à frente do meu carro até que levantaram voo, a pena que eu tive de não ter tirado uma fotografia.
Depois já de regresso de fim a Coimbra passaram dois coelho à minha frente na estrada entre a Igreja Nova e a Santinha.
Só preservando se consegue manter aquilo que cá encontrámos.
Publicado a 14-03-2008

Etiquetas: ,

sábado, março 13, 2010

Engarrafamentos

A Moura Morta não é excepcção e têm o mesmo problema que se verifica nas grandes cidades e nas grandes metrópoles, falamos dos engarrafamentos.
Para lhe mostrar como são caóticos esses engarrafamentos temos câmaras de vigilância que nos dão o feedback.

Esta é a imagem que foi captada este fim de semana, aquando de um engarrafamento

sexta-feira, março 12, 2010

Futuro Centro de Interpretação da Truta e de Formação de Pesca à Pluma

O Centro será realizado nas Penhas da Saúde (Serra da Estrela)



ASSOCIAÇÃO DE PESCA À PLUMA DA SERRA DA ESTRELA - APPSE

Etiquetas:

Capitulos das Confrarias Federadas

Já que se fala tanto da Confraria do Peixe do Rio, ha que a puxar pras Lavegadas.
Não ficava mal, pois não? A Drª Manuela Carrito ate sabe bem do que se está a falar.
Cá vão os Capitulos das Confrarias Federadas.

  • 20 de Março – Confraria do Queijo Serra da Estrela – Oliveira do Hospital
  • 21 de Março – Confraria do Bolo de Ançã - Ançã
  • 27 de Março – Confraria Gastronómica do Leitão da Bairrada - Anadia
  • 17 de Abril – Confraria das Almas Santas da Areosa e do Leitão – Aguada de Cima
  • 17 de Abril – Confraria do Bucho Raiano - Sabugal
  • 18 de Abril – Real Confraria da Cabra Velha – Miranda do Corvo
  • 23 de Abril – Confraria do Queijo S. Jorge – S. Jorge - Açores
  • 24 de Abril – Confraria do Chá Porto Formoso – S. Miguel – Açores
  • 23 a 25 de Abril – Academia Madeirense das Carnes – Confraria Gastronómica da Madeira – Câmara de Lobos
  • 15 de Maio - Confraria Gastronómica da Gândara ”Aromas e Sabores Gandareses” - Tocha
  • 15 de Maio – Confraria Gastronómica Pinhal-do-Rei – Leiria
  • 16 de Maio – Confraria Gastronómica de Almeirim - Almeirim
  • 22 de Maio – Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal – Tentúgal
  • 29 de Maio – Confraria Gastronómica do Toiro Bravo - Coruche
  • 13 de Junho – Confraria Gastronómica Os Tanheiros – Secorio/Santarém
  • 26 de Junho – Confraria da Broa de Avintes - Avintes
  • 03 de Julho – Confraria do Velhote – Valadares
  • 24 de Julho – Confraria do Bodo – Pombal
  • 12 de Setembro – Confraria da Chanfana – Vila Nova de Poiares
  • 18 de Setembro – Confraria Gastronómica da Amadora - amadora
  • 25 de Setembro – Confraria Gastronómica da Panela ao Lume – Guimarães
  • 25 de Setembro – Confraria das Papas de S. Miguel – Oliveira de Azeméis
  • 02 de Outubro – Confraria dos Gastrónomos do Algarve - Portimão
  • 09 de Outubro – Real Confraria da Matança do Porco – Miranda do Corvo
  • 20 de Novembro – Confraria do Medronho – Tábua
  • 04 de Dezembro – Confraria Nabos e Companhia - Carapelhos
  • 05 de Dezembro – Confraria Gastronómica do Cabrito e da Serra do Caramulo - Tondela

Etiquetas:

quinta-feira, março 11, 2010

Os 70 Anos da ADPoiares


A ADPoiares nos anos 60 reiniciou a sua participação nos campeonatos federados da Associação de Futebol de Coimbra.
Na altura fizeram parte dessas equipas os Mouramortinos Alvaro da Vinha e o Acacio do Terreiro que tiveram como colegas Jaime Soares, Artur Coimbra, Gil, Craveiro,Lobo, Americo, Ralha, Pimentel e os Limas ...e tantos outros.
Nas classes de jovens e nos ultimos anos, já por lá passaram tambem varios mouramortinos.

Etiquetas:

Poiares recebeu prémio "Cana de Ouro"

A distinção ocorreu no passado Domingo no CCP – Centro Cultural de Poiares durante a X Gala de Pesca Desportiva das Beiras, numa organização da Associação Regional das Beiras de Pesca Desportiva em parceria com o Município de Vila Nova de Poiares.
Na cerimónia, que contou com a presença, entre outros, do Presidente da Federação Portuguesa de Pesca Desportiva, foram atribuídos prémios em várias categorias, incluindo atletas que ganharam provas a nível internacional.
Dos prémios atribuídos, destaque para o Município de Vila Nova de Poiares que foi distinguido como Entidade do Ano 2009, recebendo o prémio “Cana de Ouro”.
De acordo com o presidente da Associação Regional das Beiras de Pesca Desportiva, Nuno Duarte, trata-se de distinguir todo o estímulo e incentivo que a Autarquia tem dado à prática da Pesca como actividade desportiva, nomeadamente o empenho e esforço de preservação da Concessão de Pesca no Rio Alva, que é reconhecido por todos como um dos melhores pesqueiros não só a nível nacional, como internacional.
Exemplo disso mesmo são as diversas provas internacionais que o Rio Alva tem acolhido, nomeadamente Campeonatos Europeus e Mundiais. Nesse sentido, o Município de Vila Nova de Poiares já manifestou junto da Federação Portuguesa de Pesca Desportiva a sua total disponibilidade e apoio para receber o próximo Campeonato Europeu de Pesca à Pluma, a realizar em 2012. As excepcionais condições naturais e desportivas que a própria Federação reconhece existirem na Moura Morta, constituem seguramente um argumento de peso que poderá ser decisivo na escolha de Vila Nova de Poiares para a realização de tão importante competição.
O responsável máximo pelos destinos do concelho, Jaime Soares, fez questão de agradecer a distinção que muito honra o Município que representa e no seu discurso houve ainda lugar para uma referência à nova confraria, já devidamente registada, a Confraria do Peixe do Rio, que surgiu também como prova da importância e do potencial que este aquífero, e todos os seus recursos subjacentes, representam para o Município de Vila Nova de Poiares. Esta confraria tem também uma perspectiva ambiental, com a criação de viveiros que garantam a preservação das espécies piscícolas. É que “Poiares, um concelho amigo do ambiente” não é um mero slogan, mas uma preocupação de todos os dias.

O Zé Pequeno - Ponte da Mucela

Há cerca de 60 anos e com menos de metro e meio de altura "aterrou" na Ponte da Mucela uma figura amável, simpática e solícita que vindo da Beira Alta, desde logo ficou assim apelidado de Zé Pequeno. Já não era criança. Na época, a Ponde de Mucela era muito mais movimentada: não havia os IPs - que obrigava a maior parte do trânsito do Norte a usar a famosa estrada da Beira - já tinha uma bomba de gasolina, telefone público - único entre S. Martinho da Cortiça e Vila Nova de Poiares - automóvel de aluguer e duas camionetas de carga, três fornos de cal, padaria, fábrica de resina, estalagem, taberna, mercearia, moenda, lagar e dois carreiros (dois carros de bois). As camionetas da carreira - assim se chamavam os transportes públicos de então faziam ali paragem obrigatória para reabastecimento dos passageiros - ainda hoje são recordadas as sandes de vitela assada - carga e descarga para as redondezas especialmente passageiros destinados às três bruxas que então havia nos arredores. De tudo isto restam um telefone público uma moenda e um café!
Entretanto foram criados um antiquário, uma empresa de construção e uma oficina auto, estando a ser revitalizada a união da Ponte de Mucela, pessoa colectiva de utilidade Pública, há anos paralisada.
O industrial e comerciante José Serra Campos deu a Zé Pequeno alojamento no anexo de um dos seus fornos da cal.
O bom do Zé Pequeno facilmente se acomodou e recados não lhe faltavam, especialmente por vias das chamadas telefónicas com aviso prévio, alertando os destinatários das redondezas para as horas que deviam comparecer, bem como para as três bruxas "clínicas", recolhendo assim fundos para subsistir, indo a maior parte dos mesmos para o vinho.
Desde os tempos das diligências a Ponte da Mucela tinha várias cocheiras (já que ali era local de muda de gado e reabastecimento) que eram disponibilizados a troco do estrume das bestas para fertilização das terras. Grande parte do transporte de mercadorias ainda era feito por galeras e carroças que ali pernoitavam. Chegavam pela tardinha, arrumavam, dessedentavam o gado no rio, traziam-no para as manjedoiras, para o repasto e descanso. Os carroceiros dormiam por lá, nas cocheiras em tempo de frio ou nas carroças em tempo de quente, e por lá comiam os farnéis que traziam consigo, por vezes com um reforço de uma sopinha comida na estalagem. Também por lá transitavam enormes rebanhos que fugindo os rigor do Inverno na Serra da Estrela, ficavam do Outono à Primavera, sendo muito bem recebidos porque além de limaprem a erva, também fertelizavam os terrenos especialmente as ínsuas, para posterior sementeira.
O Zé Pequeno era pessoa de inteira confiança, excepto se tivesse vinho à mão: ai bebia até poder e a partir de então passava a dar vivas à república e ao socialismo (estávamos em plena ditadura), independente de quem estava presente, nunca tendo sido incomodado, apesar de então serem proibidas tais manifestações! Chamado à atenção respondia invariavelmente: vossas "inxelências" já sabem o meu fraco!
Em consequências de muitas pielas deu muitos trambolhões. O mais notado segui-se a uma soneca que o Zé Pequeno resolveu fazer em frente ao muro do café, ao virar-se, julgando-se na palhota, caiu para a calçada, e aqueles dois ou três metros deixaram-no em mísero estado.
Certo dia, o Zé Pequeno andava com uma daquelas habituais bebedeiras incomodando toda a gente, e foi corrido pela estrada acima, indo pernoitar a uma cocheira do também conceituado marinheiro (de seu nome António Joaquim Coimbra) tendo dado origem a um enorme incêndio, com consequências bem desagradáveis. Por vezes tinha maleitas, e as pessoas diziam-lhe que não tinha juízo, e que mais tarde ou mais cedo "embarcava". E ele lá se recompunha - mais copo menos copo - e sempre dizia:
"Eu morro no mesmo dia do Sr. José Serra", que muito estimava. E assim foi morreram os dois no mesmo dia.

Texto do Plim,
retirado da Comarca de Arganil

Etiquetas: , ,

quarta-feira, março 10, 2010

Município reuniu funcionárias em Dia Internacional da Mulher

As funcionárias do Município de Vila Nova de Poiares estiveram hoje reunidas no restaurante A Estrela da Mó para celebrar o Dia Internacional da Mulher.
A iniciativa foi da responsabilidade da Câmara Municipal e contou ainda com a animação do conhecido músico e cantor Pedro Miguéis que, apesar de ter uma agenda completamente preenchida, fez questão de vir até Poiares e presentear as funcionárias da Autarquia com a sua actuação.
A alegria e a boa disposição foram uma constante neste almoço que era dedicado às mulheres, mas que contou com um convidado especial, Jaime Soares, presidente da Câmara Municipal, que fez questão de estar presente e felicitar as mulheres num dia que, em sua opinião, «não tem razão de ser, porque devia ser celebrado todos os dias».

Num discurso simples, mas carregado de significado, Jaime Soares exaltou o «papel absolutamente fundamental da mulher na sociedade, desempenhando funções em que é verdadeiramente insubstituível, nomeadamente na família».
O responsável máximo pelos destinos do concelho não terminaria sem deixar um desafio às mulheres presentes, propondo a realização de um colóquio onde possam debater e reflectir sobre as temáticas que afectam as mulheres, de uma forma geral, na nossa sociedade.
NI MUNICIPIO DE V. N. DE POIARES

“7 Maravilhas Naturais de Portugal”, - A Mata Nacional do Buçaco uma das 21 Finalistas

O Distrito de Coimbra “perdeu”algumas candidaturas às “7 Maravilhas Naturais de Portugal”. Votações arrancaram on-line e os resultados serão divulgados a 11 de Setembro.Image
A Mata Nacional do Buçaco foi ontem seleccionada como uma das 21 finalistas a candidata às “7 Maravilhas Naturais de Portugal”, ao contrário das outras candidatas do distrito de Coimbra – as Falésias do Cabo Mondego, na Figueira da Foz, o Sistema Espeleológico do Dueça, em Penela , o Rio Alva na Moura Morta – que ficaram pelo caminho neste concurso que no dia 11 de Setembro, nos Açores, ditará quais são os mais belos recantos portugueses nas categorias de Florestas e Matas, Grandes Relevos, Grutas e Cavernas, Praias e Falésias, Zonas Marinhas, Zonas Aquáticas Não Marinhas e Zonas Protegidas.
A decisão das 21 personalidades portuguesas, que ontem anunciaram as 21 finalistas entre as 77 pré-finalistas, não surpreendeu porque se considera esta nomeação «excelente, mas também merecida», tendo em conta a «qualidade da candidatura», apresentada pela Fundação da Mata do Buçaco, pelo Governo Civil de Aveiro e pela autarquia.
Agora, esperarmos que os portugueses votem em massa nesta candidata e que, no dia 11 de Setembro, a Mata Nacional do Buçaco seja anunciada como uma das Maravilhas Naturais de Portugal, dentro da sua categoria: Florestas e Matas.
«Naturalmente que há muitas expectativas»,onde a concorrência é feroz. Note-se que são também finalistas nesta categoria a Floresta Laurissilva, da Madeira e a Paisagem Cultural de Sintra. A escolha das “maravilhas” está agora nas mãos do público que, até 7 de Setembro, poderá conhecer as 21 candidatas e votar através do site www.7maravilhas.sapo.pt.

Há mais quatro candidatas na região Centro
Com o distrito de Coimbra a ficar sem candidatas, a região Centro fica assim representada pela Mata Nacional do Buçaco, um monumento nacional, onde os carmelitas descalços construíram um convento no século XVII, actualmente com 105 hectares, cerca de 750 espécies de árvores de todo o Mundo e oito ermidas. Estão também entre as 21 finalistas o Vale Glaciar do Zêzere (Grandes Relevos), Grutas de Mira de Aire (Grutas e Cavernas), Arquipélago das Berlengas (Zonas Marinhas) e Portas de Ródão (Zonas Aquáticas não Marinhas).
Isto numa lista que inclui também a Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico e o Parque Natural da Arrábida (Grandes Relevos), o Algar do Carvão e as Furnas de Enxofre (Grutas e Cavernas), o Pontal da Carrapateira, o Portinho da Arrábida e a Praia de Porto Santo (Praias e Falésias), a Ponta de Sagres e a Ria Formosa (Zonas Marinhas), a Lagoa das Sete Cidades e o Vale do Douro (Zonas Aquáticas não Marinhas) e ainda o Parque Nacional da Peneda-Gerês, o Parque Nacional do Sudoeste Alentejano e a Costa Vicentina e a Reserva Natural da Lagoa do Fogo (Açores).

Etiquetas:

A Moura Morta no salão da Agricultura de PARIS

Etiquetas:

terça-feira, março 09, 2010

Centro Novas Oportunidades da ADIP

CENTRO NOVAS OPORTUNIDADES DE VILA NOVA DE POIARES
8 de Março de 2010

Sessões de Esclarecimento


O Centro Novas Oportunidades da ADIP faz saber que vai realizar as seguintes sessões para esclarecimento do processo de obtenção de equivalências escolares (4º, 6º, 9º e 12º anos) e profissionais (Acompanhante de Crianças e Técnico/a de Acção Educativa):


Junta de Freguesia de Santa Maria no dia
8/03/2010 pelas 19:30h;
ADIP (Edifício Azul) no dia 11/03/2010 pelas
19:30h;
Centro de Convívio do Carvalho no dia
12/03/2010 pelas 19:30h;
Centro de Convívio de Mucela no dia
16/03/2010 pelas 19:30h.

Etiquetas: ,

segunda-feira, março 08, 2010

Últimas da Moura Morta

O que se ouve quando se passeia pela Moura Morta:
  • Que a placa que foi pintada e colocada sobre a placa da Moura Morta durante o Carnaval, foi da autoria "das pessoas do blogue" (a placa que estava deteriorada foi retirada)
  • Que já estão contratados todos os conjuntos para a festa da Moura Morta
  • Que a capela da Moura Morta mandou fazer umas portas para a Capela mas que não tem orçamento suficiente para as pagar
  • Que a Junta de Freguesia cortou e levou a lenha do São Pedro sem a devida autorização dos proprietários.
  • Um "futuro" barracão da Moura Morta que ainda nem foi pensado já levou à mobilização de muitas pessoas, inclusive o nosso executivo da Junta de Freguesia, o que demonstra o bom funcionamento e articulação dos meios de comunicação no nosso concelho, freguesia e aldeia.
Juntas de Freguesia dispõe de uma verba para:
  • Instituições religiosas (Capelas e Igrejas)
  • Festas "Religiosas"

Etiquetas:

O projeto “Artesanato como motor da Economia Local”

E porque não na Moura Morta?
As instalações do Centro do Convívio, e as do Coreto da Capela podiam ser aproveitadas para desenvolver algumas acções de formação de algumas artes e ofícios em extinção.

É também esta a filosofia da autarquia de Vila Nova de Poiares. “A nossa preocupação é conseguir criar ideias que tragam melhor qualidade de vida aos cidadãos e, por ventura, àqueles que são mais desfavorecidos. Para tal, temos que ser capazes de potenciar os valores que temos na nossa terra”, explica.

O projecto “Artesanato como motor da Economia Local” visa conjugar algumas actividades e iniciativas que têm vindo a ser postas em prática ao longo dos anos, procurando valorizar as artes e os ofícios tradicionais ao mesmo tempo que aposta na requalificação de públicos social e economicamente desfavorecidos. Assenta, por um lado, segundo o autarca, “na revitalização das tradições, dos costumes e dos ofícios” e, por outro, na promoção do “desenvolvimento económico numa perspectiva social”.

Etiquetas: