terça-feira, dezembro 23, 2008

Preparação do Cepo de Natal

O Natal está quase à porta e para muitos mouramortinos algo que está sempre presente nesta época Natalicia é o Cepo de Natal.
Por isso este Domingo frio e chuvoso alguns mouramortinos puseram mãos à obra e foram buscar uma "carrada" de cepos para a fogueira da noite de natal. Antigamente isto era feito com a ajuda apenas de carros de mão ou carros de bois, agora é mais fácil com a ajuda das gruas e dos tractores.
Local onde vai ser feito um dos Cepos de Natal

Os dois tractores que trouxeram os cepos

O Sérgio e o Rafael

Desde já o blogue agradece ao Sérgio, ao Rafael e ao Adelino (que estava com sede e foi para casa) por terem ido buscar os cepos.

20 Comments:

Anonymous Anónimo said...

mas vão fazer cepo? Bem isso é um caso muito raro o k eu tenho ouvido dizer é k fazem lá umas patuscadas para ricos

20:48:00  
Anonymous Tactorista said...

Vai haver buxa e cerveija e vinho musica a metro e fogo de artificio.
Aparece vem beber um copo e traz um amigo.

21:27:00  
Anonymous Anónimo said...

andas nos eucaliptos e as gajas andam com fome!

19:04:00  
Anonymous Anónimo said...

e coisa tamém lá bai estar

22:33:00  
Anonymous Anónimo said...

E o coiso tambem vai la estar .

23:27:00  
Anonymous Anónimo said...

Revolução dos Cravos é o nome dado ao golpe de estado militar[1] que derrubou, num só dia, sem grande resistência das forças leais ao governo - que cederam perante a revolta das forças armadas - o regime político que vigorava em Portugal desde 1926. O levantamento, também conhecido pelos portugueses como 25 de Abril ou Dia D, foi conduzido pelos oficiais intermédios da hierarquia militar (o MFA), na sua maior parte capitães que tinham participado na Guerra Colonial. Considera-se, em termos gerais, que esta revolução trouxe a liberdade ao povo português (denominando-se "Dia da Liberdade" o feriado instituído em Portugal para comemorar a revolução).

O 25 de abril de 1974 continua a dividir a sociedade portuguesa, sobretudo nos estratos mais velhos da população que viveram os acontecimentos, nas facções extremas do espectro político e nas pessoas politicamente mais empenhadas. A análise que se segue refere-se apenas às divisões entre estes estratos sociais.

Existem actualmente dois pontos de vista dominantes na sociedade portuguesa em relação ao 25 de abril.

Quase todos reconhecem, de uma forma ou de outra, que o 25 de abril representou um grande salto no desenvolvimento politico-social do país. Mas as pessoas mais à esquerda do espectro político tendem a pensar que o espírito inicial da revolução se perdeu. O PCP lamenta que a revolução não tenha ido mais longe e que muitas das conquistas da revolução se foram perdendo.

De uma forma geral, ambos os lados lamentam a forma como a descolonização foi feita, enquanto que as pessoas mais à direita lamentam as nacionalizações feitas no periodo imediato ao 25 de abril de 1974 que condicionaram sobremaneira o crescimento de uma economia já então fraca.

11:51:00  
Anonymous Anónimo said...

Entao vamos ter fasta da rija na moura morta ?

13:42:00  
Anonymous Anónimo said...

Segundo o que me disseram eles tem la um monte de cepos que nao e obra facil .

13:44:00  
Anonymous Luis Filipe said...

A parte do texto do 25 de Abril onde se tecem considerações sobre as duas formas de ver esta data deveria-nos levar a reflectir:
A Moura Morta continua a ter isso bem espelhado naquilo que muitos consideram um mundo democrático onde só as suas ideias e as suas atitudes prevalecem e tudo o que não for ao encontro disso é mau!
O Cepo de Natal ao longo de várias gerações de Mouramortinos foi realizado em vários pontos da Moura Morta, o reavivar disso é assim tão negativo? Claro que acredito que relativamente a esta questão dos Cepos estarão muitas outras questões subjacentes (invejas, picardias) que provavelmente me passarão ao lado, porque acho que existem coisas pelas quais vale saber mais, mas que não parece ser este o caso.
Para terminar:
- Qual é afinal o significado da figueira de Natal?
(Se calhar têm algum simbolismo ou será apenas para queimar uma lenha ou tentar demarcar partes das aldeias?)

15:00:00  
Anonymous Anónimo said...

- Qual é afinal o significado da figueira de Natal?
(Se calhar têm algum simbolismo ou será apenas para queimar uma lenha ou tentar demarcar partes das aldeias?)

15:01:00  
Anonymous Anónimo said...

vai mas e trabalhar

18:46:00  
Anonymous Anónimo said...

ke é isso?

21:58:00  
Anonymous Faladora said...

Estes dois rapazes fazem inveja a muita gente para se guntarem e fazerem o cepo de natal e de passagem de ano espero que tenham la um pingo para mim

13:33:00  
Anonymous Faladora said...

Estes dois rapazes fazem inveja a muita gente para se juntarem e fazerem o cepo de natal e de passagem de ano espero que tenham la um pingo para mim

13:33:00  
Anonymous Anónimo said...

Ola Faladora teras um pingo e nao so .

21:49:00  
Anonymous Anónimo said...

E tambem sera bem recebida

21:50:00  
Anonymous Rafael said...

Desde ja todos o k sao filhos da terra e os que nao sao da terra e que tenham orgulho de ser da moura morta ou simpatizarem com esta desde ja um feliz natal e um bom ano novo e se quiserem aparecerem por ca estes dias serao bem recebidos boas festas .

21:56:00  
Anonymous Anónimo said...

Desde ja as pessoas que acedem ao blog tenham cuidado da maneira como lem e entrepretam os textos lem coisas que nao existem obrigado

21:58:00  
Anonymous Anónimo said...

O CEEPO FOI COISA NUNCA VISTA PODIA SER MAIS DIVULGADO OPROGRAMA PK ASSIM MUITA GENTE NAO APARECEU PK N SAVIA K KIM BARREIROS ESTEVE PRESENTE

22:08:00  
Anonymous Anónimo said...

EU GOSTAVA DE TER LIDO TBM A XEGADA DE ALGUNS IMIGRANTES K VIERAM PASSAR O NATAL A NOSSA ALDEIA COMO COSTUMAM AFAZER COM OUTROS IMIGRANTES OU ESTES SAO IMIGRANTES DE SEGUNDA

22:13:00  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home