quarta-feira, julho 11, 2018

“Praia Acessível” no Rio Alva . O que se faz noutros Concelhos

O que poderia acontecer na Moura Morta. A centralidade da sede do Municipio não tem permitido que se olhe para as praias fluviais do Concelho, como outross que previligiam a proximidade da agua. O Concelho de Oliveira do Hospital tem feito um trabalho nesta area realçando a importancia das suas praias fluviais quer no Rio Mondego, quer no Rio Alva.
Qual sería o investimento para que se fizesse o mesmo na Moura Morta?
Galardão de “Praia Acessível” em S. Sebastião da Feira no concelho de Oliveira do Hospital. A Praia Fluvial de S. Sebastião da Feira, hasteou esta tarde a bandeira de “praia acessível”, renovando o galardão pelo segundo ano consecutivo. O presidente da União de Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira, deu conta da sua satisfação pela renovação da bandeira, que atesta a existência de condições para que todas as pessoas, mesmo as de mobilidade mais reduzida, possam aceder às águas do rio Alva. “Para nós é uma satisfação, podermos colocar ao dispor dos cidadãos da freguesia e desta região uma praia com todas as condições, para que possam usufruir das águas do rio Alva”. A colocação de “estrados” até à água é um dos exemplos da acessibilidade, que é proporcionada na praia de S. Sebastião da Feira, que não desiste do objetivo de poder contar com uma cadeira anfíbia. “Este ano ainda não foi possível, mas esse vai ser um dos nossos objetivos. Se calhar, o principal objetivo do próximo ano”, referiu. O autarca não escondeu, porém, a “mágoa” pelos prejuízos que resultaram do grande incêndio de 15 de outubro e que afetaram esta zona balnear. Situação que obrigou a que tivesse que voltar a ser feito um trabalho “quase do zero”. “Todas as infraestruturas que tínhamos, tudo ardeu. Isto foi tudo quase começar do zero. Há aqui um grande trabalho, um grande investimento da nossa parte”, afirmou Rui Coelho em declarações à Rádio Boa Nova, considerando que a sua preocupação é “dar muita vida ao Vale do Alva, pelo menos na época balnear”. Para o vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, a praia fluvial de S. Sebastião da Feira “é um ganho” para o concelho. O autarca destacou, em particular, o esforço e investimento levado a cabo pela Junta de Freguesia que quase em tempo record, conseguiu recuperar o espaço que, no passado dia 15 de outubro, foi penalizado pelo incêndio e “há cerca de um mês sofreu uma enxurrada de cinza e lama”. Um trabalho que permite que, hoje, os visitantes desfrutem de “um espaço acolhedor e apetecível, com um belíssimo espelho de água e infraestruturas de apoio”. O responsável adiantou, também, que a praia fluvial de S. Sebastião da Feira integra, a partir deste mês de julho, o grupo das praias fluviais da Rede das Aldeias de Montanha. O hastear da bandeira de praia acessível em S. Sebastião da Feira ficou marcado pelo “mergulho coletivo”, protagonizado por um grupo de crianças e jovens que ali marcou presença, no âmbito do programa Férias Ocupadas, promovido pela Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home