sexta-feira, junho 08, 2012

A Linguagem das Flores

Para além de bonitas, as flores e as plantas são simbólicas porque têm a capacidade de expressar os nossos sentimentos. É uma linguagem tão bela como secreta, que pode ser revelada pouco a pouco. Desde os tempos mais remotos as mulheres expressavam os seus desejos relativos ao jogo do amor através das flores. Pensa-se que a sua origem está em Constantinopla, no ano de 1600, mas seria a inglesa Maria Wortley Montagu quem, em 1716, exportaria da Turquia para Inglaterra a singular, e até esse momento desconhecida, linguagem floral.
O simbolismo das flores é vasto, tanto nas cores como nas formas, nos desenhos ou nas suas múltiplas combinações de espécies… Socialmente também foi desenvolvido um significado paralelo do uso das flores e, noutros tempos e meios
, oferecer uma flor virada para baixo inverteria por completo o seu efeito para dar a entender o contrário do que a flor representa; oferecer uma rosa sem picos, da parte da pessoa que a oferecia, significava “não há nada a temer”, enquanto o receptor podia querer dizer “sim” com um simples roçar de lábios nas pétalas da flor.
Este mundo é tão complexo que, a partir do Oriente, os segredos ocultos desta linguagem passaram para os egípcios, a Idade Média e o Renascimento, chegando ao refinamento mais puro do Romantismo, onde o seu uso se difundiu vastamente
.

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home