sexta-feira, setembro 19, 2014

Carqueja - Pterospartum tridentatum


As subespécies de Pterospartum tridentatum (Fabaceae) «carqueja»

A Flora Iberica admite três subespécies de «carqueja» (Pterospartum tridentatum) em Portugal continental. A subsp. tridentatum tem uma distribuição litoral. As outras duas subespécies - subsp. lasianthum e subsp. cantabricum - dominam no interior.Uma das questões que mais tem preocupado os fitossociólogos ibéricos tem sido a localização da fronteira entre as regiões biogeográficas Mediterrânica e Eurossiberiana. As subspécies subsp. lasianthum e subsp. cantabricum são extraordinariamente úteis na diferenciação destes dois territórios. A primeira subespécie tem uma distribuição mediterrânica; a segunda é eurossiberiana e, por conseguinte, com uma marcada preferência por territórios de macrobioclima temperado.
As duas subespécies Pterospartum tridentatum são fáceis de distinguir: as flores da subsp. lasianthum são ligeiramente maiores, de um amarelo um pouco mais escuro e o estandarte - a peça superior e de maior dimensão da corola - tem pêlos no dorso. O estandarte da subsp. cantabricum é glabro, i.e. não tem pêlos.


Pterospartum tridentatum subsp. cantabricum (Fabaceae) «carqueja»
N.b. estandarte sem pêlos [foto C.Aguiar]

Pterospartum tridentatum subsp. lasianthum (Fabaceae) «carqueja»
N.b. estandarte com pêlos no dorso [foto C.Aguiar]

Experimentem quando forem à Serra da Estrela ou atravessarem o Marão colher flores de carqueja num transecto W-E. Por exemplo, no Marão, a transição entre as duas subespécies praticamente coincide com a linha de festo da montanha: subsp. cantabricum para oeste, subsp. lasianthum para leste.
Tambem na Moura Morta se conseguem diferenciar as duas subespécies no enclave entre a passagem da Ribeira de Sabouga e a Ribeira de Vilarinho.
Já publicado 11Jul11

Etiquetas:

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

QUEM É QUE NUNCA FOI APANHAR UM MOLHO DE CARQUEJA PARA ACENDER O LUME?

10:27:00  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home